liturgia diaria santo do dia
Diocese Redentoristas
Facebook CNBB  
Radio Educadora
padres 01 padres 09
padres 01 diacono
padres 09 padrejcc

Artigos escritos pelo Pe. Claudio C.Ss.R.

caminhar01Quem vai lá levando o tempo, todo azul

criando em cada espaço a luz, lua a brilhar.

Sentimentos nobres esvoaçando

contra o vento, brisa leve canção.

 

Quem é este que chega,

Descansa no leito frondoso

Repousa o corpo frenético de

sonhos realizados, por vir.

 

Traz na bagagem novos contos,

novas histórias, vida mil, vida nascente.

Quem é este que vai

enxugando todo o pranto

levantando poeira santa

afundando, afogando pés.

Ao som da viola e do tambor.

Fazendo aquarela magia a surgir.

 

Somos parte deste povo (que segue)

na reta curva da vida.

Para plantar a nova era.

Que embale na força do olhar o seu grito de alerta.

Saudando viva liberdade!

 

Pe. José Cláudio CSsR.

luaGosto de contemplar a lua.

Sinto em seu brilho a busca maior.

Nela as vezes me encontro.

Astronauta de pés no chão.

E na sua evidência sensível, ouço a viva voz: o pensamento se pauta na vida.

Creio que tudo para me dizer, que ela não é apenas dos apaixonados.

Leia mais...

caminho-de-santiago-de-compostela-3209-40-thumb-570Caminheiro errante em busca de paz

vigor sempre vivo

que o chão traduz

pegadas alegres,

insatisfeitas, constantes.

 

Coração ardente na beleza de ser

gestando no raiar do tempo

a sede bela do bem querer.

Passos largos na vida estreita

Sempre a olhar rumo ao horizonte.

 

Peregrino que vai(s)

Carregas contigo

                A dor

                A mansidão,

                A primavera de multidões.

 

Pequeno herói, grandeza amada de otimismo hilariante.

Gênese em toda semente.

Em cada parte,

Em todo lugar

Sua presença relevante

 

Alumia, sorriso da história.

Seu caminhar é fonte,

Queda d'água pra todo vivente.

 

 

Pe. José Cláudio CSsR.

tolerancia-tO ser humano pode ser definido como um ser religioso. Em todas as civilizações e povos encontramos sinais de ritos e busca de viver e traduzir o sagrado. É a nossa essência se assim podemos dizer. O transcendente e o imanente caminham juntos. A beleza de ser gente é que estamos sempre em construção, buscando uma luz.

 

É nesta busca que situa nossa grandeza e também nossa fraqueza. Grandeza porque temos consciência de que não somos infinitos e isto gera sempre um desconforto "curado" apenas pelo  olhar da gratuidade e solidariedade. Fraqueza porque nesta busca podemos cair na ignorância e no radicalismo.

Leia mais...

Reflexo da Lua 2Neste início de fevereiro, onde boa parte do Brasil se prepara para o carnaval, quero deixar para reflexão o poema de Fernando Pessoa.

'Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.'

tempo comumIniciamos o tempo comum da nossa fé. Com a celebração do batismo de Jesus a liturgia da Igreja encerrou o ciclo natalino, e agora com a predominância da cor verde nos paramentos somos convidados a viver um novo tempo. O verde da esperança nos convoca a perceber que a cada dia o Deus da vida nos abençoa. É preciso sempre esperança, é preciso dar razões da nossa esperança e nossa fé, como afirma Pedro em uma de suas cartas (1 Pd 3, 15).

Leia mais...

ritosNa folha solta (o nada)

Deito em penas

Parcas nuvens de tintas

Vocábulos a formar.

Vou selando com o mundo

Modos fraternos

Leia mais...

ProcuraMuitos te buscam Senhor

Muitos te encontram

Muitos debatem com o tempo,

Com a dor da procura oculta,

Com a própria fraqueza de não poder enxergar além.

 

 

Leia mais...