liturgia diaria santo do dia
Diocese Redentoristas
Facebook CNBB  
Radio Educadora
padres 01 padres 09
padres 01 diacono
padres 09 padrejcc

obra 46V Estação. Jesus é ajudado por Simão Cireneu.

Leitor 1.

O Homem vai carregando a cruz. Seu estado é tão lastimável que os soldados e o centurião romano temem que ele morra no caminho. Mal agüenta manter-se em pé. É preciso fazer alguma coisa para que este não venha a morrer na caminhada e assim não seja crucificado. É, pois, preciso que alguém o ajude a carregar a cruz. Quem?  Ninguém quer tal “oficio”. Passa por ali um homem vindo do campo. Escolhem-no para isto. Obrigam Simão que era da cidade de Cirene a levar a cruz com Jesus. (Mt. 27, 22 – 44).

Ele a contragosto aceita. Que honra inimaginável lhe é concedida, contudo, naquele momento é humilhante, é um desaforo. Simão ajuda Jesus a carregar sua pesada cruz, instrumento de nossa salvação! Jesus lhe dá como recompensa, o que jamais Simão poderia imaginar. Seu nome torna-se eterno. Sua ajuda torna-se proverbial, quando alguém ajuda a carregar a cruz de outro é chamado de Cireneu! Fulano é um Simão Cireneu! Entra para a História da humanidade, de modo tão honroso.

Leitor 2.

Nada fica sem recompensa para este homem que carrega a cruz. E não há proporção entre a ajuda e a recompensa que ele concede.

Na vida sejamos outros “Simão Cireneu”, ajudando a carregar a cruz e nunca pondo mais peso ainda na cruz do próximo.

Leitor 3.

Cristo aceitou e precisou da ajuda para carregar sua cruz. Sendo ele o Senhor, como homem viveu em tudo a condição humana, menos o pecado. A condição humana é esta: precisamos uns dos outros. E ao ajudarmos o próximo, seja ele o menor de todos, pobre, aflito, doente, encarcerado, drogado, estamos ajudando o próprio Cristo. Tudo que fizestes a um desses pequeninos foi a mim que o fizestes.

Ó Misericórdia de Deus, que se digna ser ajudado por nós. Aceita a cooperação humana na obra da Redenção. A misericórdia de Deus “usa” cada um de nós para que através de nós a Misericórdia venha a incidir sobre o sofredor.

 

Divina Misericórdia, força para todos, tende misericórdia de nós.

Diga ao ler esta reflexão: Divina Misericórdia eu me consagro a Vós.

 

Pe. Macedo da Divina Misericórdia